Postagens Recentes

4 de maio de 2017

Resenha | Mariana - Pedro Bandeira


Título: Mariana
Autor: Pedro Bandeira
Editora: Ática
Páginas: 88
Ano: 2000

Sinopse: Mariana sofre por ainda ser menina, enquanto suas amigas já são mocinhas e até namoram. Com a ajuda do amigo Jorginho, inventa histórias sobre um namorado no exterior para que ninguém perceba que ela é diferente. Mas, a qualquer momento, Mariana pode ser desmascarada...


Aos 14 anos, Mariana é uma menina comum a muitos adolescentes de sua idade: estuda, tem um melhor amigo, o Jorginho, e mora com a mãe que sustenta a casa sozinha, uma vez que seu pai sumiu sem deixar nada para a família. 

Para que suas amigas não pensem que ainda é uma criança e ser aceita por elas, Mariana inventa uma série de histórias: um namorado mais velho que está fazendo intercâmbio no exterior, a primeira menstruação, que ainda não chegou, e uma avó rica que faz todas as suas vontades - e serve de álibi para muitas de suas invenções.

O que a garota não imaginava é que suas mentiras estavam com os dias contados, pois suas amigas lhe pressionavam para que ela levasse seu namorado, o "Fernando", a uma festa que acontecerá na escola e apresentá-lo a todos os colegas. Será que dessa vez Mariana será desmascarada?

Narrado em terceiro pessoa, "Mariana" é uma narrativa curta, mas também envolvente. Pedro Bandeira, o famoso escritor de livros infantojuvenis, através de uma linguagem simples, consegue prender todo tipo de leitor com uma história voltada ao público adolescente. O livro toca em temas típicos dessa fase como a puberdade, o primeiro beijo e a primeira menstruação. Com certeza algumas leitoras vão se identificar com algumas situações vividas pela protagonista.

Mariana é uma menina que quer se sentir incluída entre os colegas, que quer pertencer a um grupo. Quando percebe que muitas meninas da escola já têm um namorado, já usam sutiã e já tiveram sua primeira menstruação, ela vai criando uma série de mentiras para não ser deixada para trás. Aos poucos, ela vai percebendo que crescer não é tão fácil como imaginava, mas quando se dá conta já é tarde demais. O desfecho foi uma surpresa para mim, embora para muitos leitores não tenha sido.

“Mariana” foi uma leitura que iniciei sem pretensão nenhuma, sem ao menos conhecer a obra, mas que gostei bastante. Recomendo para os leitores que estão entrando ou já estão nessa fase da vida que é recheada de descobertas. É uma história nostálgica e que arrancará muitas risadas do leitor. 

20 comentários:

  1. Oi Sávio, tudo bem?
    Não conhecia esse livro,
    mas gostei bastante da sinopse e dá proposta do livro Mariana,
    acho que iria dar boas risadas rs
    Te espero no meu blog!
    Beijos *_*
    Desvendando Segredos | Facebook

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    A adolescência não é fácil pra ninguém, né? Todo mundo já teve um pouco de Mariana! Adorei a sua resenha, nunca li as obras do Pedro Bandeira, apesar de ser um autor muito conhecido.

    ResponderExcluir
  3. Olá tudo bem
    Que pena que você não amou o livro.
    Eu acho que para os mais novinhos vão adorar está a proposta do livro nunca li nada do Pedro bandeira mais tenho vontade que sabe um dia.

    ResponderExcluir
  4. Oooooi!

    Que danada a Mariana hahahah Menino, eu até entendo ela. Pelo grupinho de amigas já terem experienciado várias coisas, ela meio que se sentiu excluída e arranjou essas mentiras como forma de inclusão e destaque. Mesmo assim não é algo legal. Tomara que ela tenha tomado uma lição. Gosto do autor. Legal que você curtiu a leitura!!! Oiiii!

    Uma amiga muuito querida me indicou essa série, só que não fiquei animada. As capas são lindas mesmo, mas não me convenceu muito. Quem sabe em um outro momento... Mas que bom que você curtiu a leitura, isso que importa!! Beijos,

    www.estranhoscomoeu.com

    ResponderExcluir
  5. Oiiii!

    Que danada essa Mariana hein hahaha Eu até entendo a situação da garota. Ela inventou essas mentiras como meio de ser incluída no grupinho de amigas que já experienciava algumas coisas da vida. mesmo assim não é legal. Tomara que ela tenha aprendido uma lição. E que bom que curtiu o livro!!!

    Beijos,

    www.estranhoscomoeu.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Sávio,
    Que fofura a Mariana por aqui haha *.*
    Esse livro foi meu paradidático na quinta série, eu tinha onze anos e me identifiquei com tudo que estava rolando na época.
    Na época tb, minha prima me emprestou um outro do Pedro, A Marca de Uma Lágrima que é um dos meus favs.

    tenha uma ótima semana :D
    Nana - Canto Cultzíneo / Novo Twitter

    ResponderExcluir
  7. Oi Sávio, tudo bem?
    Nunca li nada do Pedro Bandeira tenho MUITA vontade de ler alguma de suas obras.
    Mariana eu não conhecia, com certeza é uma ótima dica principalmente pra quem está na mesma fase de Mariana.
    Beijos

    Divagando Palavras
    www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir
  8. Pedro Bandeira sempre soube como abordar os assuntos pertinentes ao universo infato juvenil. Seus livros são clássicos! Mariana é o exemplo do que acontece muito nesse universo e da necessidade da aceitação na adolescencia.

    Bjos

    ResponderExcluir
  9. Oii. A Mariana me lembrou uma antiga colega de escola que inventava todo tipo de história sobre beijos e namorados também. hauaauha
    Se eu pudesse dar um conselho para todas as pré e adolescentes desse mundão, seria: Seja vc mesma!
    Bjsss

    ResponderExcluir
  10. Esse livro do Pedro Bandeira, apesar de ser para uma faixa etária mais nova, é muito legal de ler. Fora que tem um nome lindo, hahahahahaha.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  11. Oi
    já conhecia o autor, mas não o livro, até parece ser interessante, só que nem chamou muita atenção, ela é tão nova inventando coisas para agradar os outros e pior que na vida real é assim;

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oie, ainda não li nada desse autor (que vergonha). Um dos grandes autores dá nossa literatura e eu ainda no tive a oportunidade de conferir as suas obras, gostei bastante de sua resenha e o livro parece ser no estilo que curto lê. Preciso resolver essa situação e ler alguma obra do autor (quem sabe eu não comece por esse).

    Abraço!

    ResponderExcluir
  13. Pela deusa Cher, li esse livro há cem zilhões de anos. Lembro-me que curtia muito essas historinhas, na verdade, em minha adolescência, nunca cheguei a me identificar com elas, mas gostava de ler.

    ResponderExcluir
  14. Oie amore,

    Nossa me fez voltar a adolescência em que lia todos os livros do Pedro Bandeira... que saudade dessa escrita, maravilhosa né!
    Gostei de sua resenha, parabéns!

    Beijoka!

    ResponderExcluir
  15. Acho que para os mais jovens, essa leitura será mais válida. Rsrs
    Gostei bastante da resenha!

    ResponderExcluir
  16. Que legal esse livro, eu não conhecia mas deve der bem massa,pois aborda esses temas fé identidade, acho que eu íris gostar.

    ResponderExcluir
  17. Eu adoro Pedro Bandeira, é muito a cara da minha adolescência, lembrei de um que eu li na infancia tb que era mais ou menos parecido, so que era do Walcyr Carrasco, mas nem lembro o nome, mas era bem parecido com essa historia. <3
    bjs
    Jo Scarreiro

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    A história apesar de parecer simples tem um tema bem legal. A adolescência é uma fase bem complicada e se não tivermos no mesmo caminho dos colegas ficamos para trás, mas temos que mostrar aos nosso adolescentes que não é tudo isso e que essa fase vai passar.
    Ainda não li nada do autor, mas tenho curiosidade em ler algum livro dele.
    Adorei a resenha.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Não conhecia esse exemplar ainda, mas gostei bastante do enredo. Acho que todos, alguma vez na vida, já se sentiram deslocados na vida. Afinal, adolescência é uma fase difícil, de muitas dúvidas e incertezas. Gostei da sua dica. Espero poder conhecer o livro em breve.

    Beijo

    ResponderExcluir