Postagens Recentes

13 de dezembro de 2014

Chaves: personagens e os melhores bordões



El Chavo del Ocho foi lançado em 1971 no México, e devido ao grande sucesso ganhou a América Latina. Quando chegou ao Brasil, ganhou o nome de "Chaves" - tradução errada, pois deveria ser "O Menino do Oito". Oito é o número da casa do Chaves, o que é uma ironia, uma vez que ele mora num barril e é um mendigo.

Criado por Roberto Bolaños, vulgo Chespirito - um diminutivo carinhoso de Shakespeare - o personagem Chaves, assim como toda sua turma, fez a alegria de muitos fãs de diferentes idades. O jeito inocente e humilde do personagem, bem como o cenário, o vestuário das personagens e até mesmo os atores que deram vida aos mesmos foram fundamentais para o sucesso da série.


Principais personagens


Chaves (Roberto Gomez Bolaños) - garoto órfão e pobre que mora em um barril, no qual diz ser seu esconderijo, e que adora sanduíche de presunto.

Chiquinha (María Antonieta de las Nieves) - Filha do Seu Madruga, é uma garota levada, esperta, mas de bom coração. Possui um choro bem característico "Uééééééé! Ué, ué, ué, ué, ué, ué, ué, ué, uéééééé..." - que já arrancou muitas gargalhadas do público.

 
Quico (Carlos Villagrán) - Órfão de pai (que segundo ele foi engolido por um tubarão depois de um naufragio, visto que era marinheiro) é amigo de Chaves e superprotegido pela mãe, Dona Florinda. Quando brigam com ele ou o machucam, sempre chama sua mãe e vai chorar numa parede de tijolos.


Seu Madruga (Ramón Valdés) - Pai da Chiquinha, é um viúvo desempregado e preguiço que sempre leva uns tapas da Dona Florinda, pois esta sempre coloca a culpa no Seu Madruga pelo choro do seu filho. Além disso, sempre foge do Seu Barriga para não pagar o aluguel de sua casa - pois ele deve 14 meses.


Dona Florinda (Florinda Meza) - Mãe do Quico, Florinda Corcuera é esnobe e se acha melhor que todos os outros moradores da vila. Protege seu filho ao máximo chegando a dar muitas bofetadas no Seu Madruga, sem ao menos ouvir explicações.

Professor Girafales (Rubén Aguirre) - É o professor das crianças da vila e sempre vai visitar Dona Florinda, pois sempre tenta uma aproximação amorosa com ela. É chamado pelas crianças da vila de "Professor Linguiça" por ser muito alto.


Dona Clotilde (Angelines Fernández) - Mais conhecida como Bruxa do 71, é apaixonada pelo Seu Madruga. É bastante atenciosa e costuma oferecer bolos e outras guloseimas para ele, na esperança de conquistá-lo.


Senhor Barriga (Édgar Vivar) - É o dono da vila e do restaurante de Dona Florinda, que sempre vai à vila cobrar pessoalmente o aluguel dos seus inquilinos. Acaba sempre recebido por uma pancada acidental de Chaves em sua entrada na vila.


Nhonho (Édgar Vivar) - Filho de Seu Barriga, adora comer. É muito usado para cobrir a ausência de um personagem. É estudioso, sempre sendo o 1° da classe, mas às vezes dá umas mancadas.


Bordões

Os personagens criados por Roberto Bolaños são por si só inesquecíveis, mas os bordões ditos por eles os deixarão imortalizados por várias gerações. Então, vamos ver alguns bordões que marcaram a série?



1. "Isso, isso isso" (Chaves)

2. "Tá bom, mas não se irrite" (Chaves)

3. "Gentalha, gentalha!" (Quico)

4. "Não existe trabalho ruim, ruim é ter que trabalhar" (Seu Madruga)

5. "Que milagre o senhor por aqui!" (Dona Florinda)

6. "Vim lhe trazer este humilde presente" (Professor Girafales)

7. "Só não te dou outra porque..." (Seu Madruga)

8. "Foi sem querer querendo!" (Chaves)

9. "Cale-se, cale-se, você me deixa louco!" (Quico)

10. "Eu prefiro morrer do que perder a vida" (Chaves)

11. "Que burro, dá zero pra ele!" (Chaves)

12. "O que que foi, o que que foi, o que que há?" (Seu Madruga)

13. "Ninguém tem paciência comigo!" (Chaves)

14. "Tinha que ser o Chaves!" (todos da vila)

15. "Pi, pi ,pi ,pi" (Chaves)

Infelizmente, Roberto Gómez Bolaños morreu (28/11) deixando órfã uma legião de fãs em toda a América Latina e no mundo. Contudo, sua obra jamais será esquecida por todos aqueles que acompanharam o menino Chaves e todos os outros personagens criados pelo autor. A vila, que antes era só alegria, ficou assim:

8 comentários:

  1. ai flor que post lindo! Chaves marcou minha infância, eu gargalhava tanto que quase engasgava!
    faltou por o bordão do Jaiminho, o carteiro "É que eu prefiro evitar a fadiga" rsrs
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esquecemos deste bordao, Thaila. Obrigado pela sugestao ;)

      Excluir
  2. Nossa, Chaves é muito bom!! Simplesmente adoro. Saudades de assistir

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  3. Aiii que amor :')
    Eu vejo TODOS os dias. Por mais que sejam episódios repetidos nunca enjoam hahha
    Amo, amo e amo!!
    Adorei o post!
    Beijos, visite: http://clubedas6.com.br/2015/01/06/resenha-rules-of-attraction-simone-elkeles/

    ResponderExcluir
  4. Nossa quanto amor em um só post, amo tudo em Chaves, desde pequena acompanho e nunca canso, parabéns pela iniciativa de trazer um post tão maravilhoso quanto este, beijos Lost Words

    ResponderExcluir
  5. Nossa esse post fez eu relembrar a minha infância, e um pouco da minha pré adolescência, Chaves ficou nas memórias de muitas pessoas!
    http://viciodelerlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir